Quando não queremos sair do Egito

Números 14
Muitas vezes queremos chegar em Canaã, mas não queremos sair do Egito, pois não enxergamos Canaã, só conseguimos enxergar o deserto. Aí quando finalmente saímos, pensamos que teria sido melhor ficar no Egito do que morrer no deserto.

Deus tem para nós uma terra que mana leite e mel, mas para chegar lá é preciso passar pelo deserto, ficar sem comida, sem água, muitas vezes muitos de nós morremos no deserto como aquele povo que blasfemou e não acreditou no poder de Deus.

Passar pelo deserto significa passar por fases difíceis na vida. Sabe quando bate aquela tristeza, aquele desânimo, vontade de abandonar tudo? Pois é, esse é um deserto.
Às vezes o deserto é uma situação financeira difícil, a perda de alguém querido, término de um relacionamento, uma doença grave, ou até mesmo uma frieza espiritual.

Passamos pelo deserto às vezes para ficarmos mais fortes, para darmos valor quando chegarmos à boa terra, às vezes somos testados no deserto, e às vezes nosso tempo no deserto é prolongado pela nossa desobediência.

Mas independente de qual seja o motivo de passarmos pelo deserto, sabemos que a terra que nos espera vale o esforço, vale o sacrifício, enfim, vale a pena, pois a terra que nos espera mana leite e mel.

Não importa como é nosso deserto, todos caminhamos para Canaã, todos sofremos, mesmo que o meu deserto pareça verde para você, todos nos esforçamos para chegar no mesmo lugar.
Então suportemos nosso deserto e respeitemos uns aos outros, para que quando chegarmos na terra prometida possamos celebrar juntos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s