Louvor e Adoração

  
Quando se fala de louvor, muitas vezes nos enganamos cantando músicas que agradam e beneficiam a nós mesmos.
Louvar significa honrar alguém ou algo, quando fazemos um discurso para honrar alguém, não falamos sobre nós mesmos ou o que gostaríamos que acontecesse conosco, falamos das qualidades do que ou de quem se está honrando.
Adorar é quase a mesma coisa, significa venerar, prestar culto.
Eu entendo que passamos por lutas e dificuldades, todos passamos. Acredito, sim, que Deus é poderoso e misericordioso pra nos atender. Mas em Mateus 21:22 diz que “tudo que pedirdes em oração, se crerdes, recebereis…”, logo, quando tivermos alguma petição à Deus que seja feita em oração.
A maioria das músicas que estamos cantando no momento do LOUVOR E ADORAÇÃO tem contido mais nós mesmos do que a quem se está adorando.
Por exemplo, quando estamos apaixonados por alguém e vamos homenageá-lo, ou mesmo nos declarar, não contamos os nossos problemas e defeitos, nem do que esperamos que essa pessoa faça por nós, aliás, nem falamos de nós mesmos, a não ser do quanto amor estamos sentindo e o que estamos dispostos a fazer por aquela pessoa, certo? Então por que na hora de adorar à Deus falamos de nós mesmos, falamos dos nossos problemas, o que precisamos, chegamos até a exigir algo de Deus. Sabe, ouvi dizer algo esses dias que me fez refletir, foi sobre a história de Jacó segurando o anjo para o abençoar. Essa história não faz de Jacó um herói, pelo contrário, ele queria a benção e depois deixou o abençoador ir embora.
Em João 4:24 diz sobre Deus ser Espírito, então devemos adorá-lo em espírito e em verdade, não adianta apenas cantarmos, da boca pra fora, a adoração pra ser adoração a Deus tem que ser em Espírito.
A adoração, também, deve ser expressada através das nossas vidas, como diz em Romanos 12:1 “Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus.” (NTLH‬‬)
Portanto, vamos refletir no modo que temos adorado à Deus, se é realmente adoração, se é realmente à Deus, se é de coração e se é em espírito e em verdade.

Que nossa adoração seja apenas àquele que é digno de toda honra, de toda glória e de todo louvor. Amém!
Fiquem na paz!

Beijos

E até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s